A Black Friday 2019 está chegando, e a cada ano parece estar deixando pra trás a imagem de Black “Fraude”. A constatação vem com uma pesquisa aplicada pelo Reclame AQUI*. Ela aponta que 57,27% dos consumidores confiam muito ou parcialmente na ação varejista.

Nesse sentido, o número este ano é quase 9 pontos percentuais maior do que em 2018, quando 48,86% afirmaram confiar na promoção. Não é á toa que hoje a Black Friday é a data mais importante para o e-commerce brasileiro, mais que o Natal, inclusive.

Já leu essa? Black Friday: conheça as principais reclamações no RA desde 2013

Consumidor mais confiante é sinal de boas experiências de compra

Para as empresas, esse consumidor mais confiante é um bom sinal, uma vez que isso significa que ele vive boas experiências de compra, ou seja, tem sido bem atendido pelas marcas. E ponto para as companhias, que, de fato, despertaram para a oferta de descontos reais, melhor atendimento pós-venda e disponibilidade de produto.

A pesquisa pré-Black Friday do Reclame AQUI traz bons insights para as marcas alinharem suas estratégias de venda. Contudo, é preciso atentar para o seu perfil de consumidor. Das mais de 3,5 mil pessoas que responderam à pesquisa, 64,65% já iniciaram as pesquisas de preço para fazer comparações no dia da promoção. Além disso, 16% objetivam comprar na Black Friday pela primeira vez, uma excelente oportunidade de serem surpreendidos positivamente pelas marcas e, por consequência, repetirem as compras nas próximas edições.

Leia também: Black Friday: a sua reputação vai influenciar o consumidor no momento da compra!

Buscar novas lojas ou repetir marcas? 55% vão em busca de novas

Outro aspecto interessante que a pesquisa traz é que 55% dos consumidores irão experimentar lojas novas para comprar. Apesar de a Black Friday não ser a ocasião ideal para isso, as empresas, desde já, devem se preparar para fortalecer suas lojas no que se refere à segurança de sites, por exemplo, e atender bem. Além disso, entre os locais de compra, 50,98% dos consumidores afirmaram que preferem e vão comprar exclusivamente em lojas online, e 42% em lojas física e online.

Problemas com logística na Black Friday reduz compras para Natal

Entretanto, tem um dado da pesquisa que deve acender uma luz amarela de alerta: 49,34% dos consumidores não vão comprar os presentes de Natal durante a promoção. Conforme mostram pesquisas anteriores, há uma redução média de 4 pontos percentuais a cada ano desse público desde 2017, o que pode ser um sinalizador de más experiências, atraso ou não entrega dos produtos em tempo para o Natal. Por isso, é de suma importância que as empresas não ignorem a logística para atender seu consumidor. O pós-venda é tão importante quanto a compra, nesse momento também é hora de fidelizar. Boas vendas!

* Pesquisa aplicada entre os dias 16 e 30 de outubro com mais de 3,5 mil consumidores.

Deixe uma resposta