Assim que o cliente contrata um serviço de sua empresa, é muito importante que você coloque em prática o processo de boas-vindas, ativação e treinamento do produto: o Onboarding.

Esse procedimento de guiar o cliente nos primeiros passos com o seu produto é essencial para saber se ele ficará fiel a sua empresa ou partirá para a concorrência depois da primeira experiência com você.

Por isso, veja mais detalhes do que é e como aplicar o Onboarding na sua empresa! 🙂

O que é Onboarding?

Muito mais focado em SaaS (Software as a Service), o Onboarding é um procedimento que guia novos clientes nos primeiros passos depois da compra de um serviço ou produto.

Dito isso, durante todo o processo de vendas, você já ofereceu as principais soluções para o problema do cliente e também mostrou os benefícios do seu produto.

Agora, a partir da aquisição da solução, o papel da sua empresa é de aplicar o treinamento correto para que ocorra o funcionamento pleno do produto.

Leia também: Modelo de atribuição e jornada de compra do cliente

Com isso, a partir do Onboarding, você consegue configurar a sua solução de maneira personalizada de acordo com as necessidades do cliente e, além disso, você também pode apresentar alguns cases ou dicas de como melhorar a usabilidade do produto.

Como aplicar o processo de Onboarding em minha empresa?

Não deixe de capacitar uma equipe para realizar o Onboarding. Após isso, você pode fazer a ativação dos produtos pessoalmente na sede dos clientes, em caso de B2B, ou até mesmo via videoconferência.

Além disso, é importante que você tenha materiais de apoio, como manuais e vídeos tutoriais para que os clientes sempre tenham em mãos em caso de dúvidas sobre algum procedimento.

Por último, não se esqueça de disponibilizar canais diretos com o seu time de Customer Success, que faz parte também da estratégia de Onboarding. Pelo CS, os clientes podem tirar outras dúvidas pontuais, além, claro, de aumentar o relacionamento de confiança entre eles e você. 🙂

Vale a leitura: Por que o atendimento ao cliente deve ser visto como estratégia de Marketing?

Curtiu o conteúdo? Então não deixe de compartilhar em suas redes sociais. 🙂

Deixe uma resposta