Setembro Amarelo é uma campanha conhecida no Brasil e no mundo por ser dedicada a um assunto importante e que merece atenção: a prevenção ao suicídio.

Em 2003, a OMS (Organização Mundial de Saúde), instituiu o dia 10 de setembro como o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, e a cor amarela foi escolhida para representar a data em homenagem a Mike Emme, que cometeu suicídio aos 17 anos nos Estados Unidos em 1994, comovendo a comunidade local na época e levantando questões sobre a importância de falar sobre o tema.

No Brasil, a campanha teve sua primeira edição em 2015, criada pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria).

Desde então, todo mês de setembro é voltado a assuntos de saúde mental com foco em ações de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, mas é importante lembrar que o assunto pode e deve ser tratado no ano todo.

As organizações refletem o que acontece na sociedade, por isso, campanhas como o Setembro Amarelo são tão importantes. Leia mais 💛
Reprodução Instagram.

Qual a importância do tema dentro das empresas?

O ponto principal para que as organizações incluam o tema de saúde mental ao dia-a-dia dos colaboradores é entender que as empresas são feitas por pessoas, e que cada uma delas carrega uma história, passa por um processo e tem questões internas diferentes.

Por isso, é importante pensar em ações de conscientização, mas também é um bom momento para promover o bem-estar e qualidade de vida nas empresas, pois o reflexo disso aparece em todas as equipes e nas tarefas realizadas ao longo dos dias.

Atualmente, muitas marcas já promovem campanhas com seus colaboradores, então para te ajudar a encontrar uma boa maneira de abordar o assunto dentro da sua empresa, separamos algumas dicas. Acompanhe:

Fique por dentro: 3 ensinamentos que o filme Divertida Mente dá sobre gestão de equipe

Dinâmicas em grupo

Uma boa maneira de passar a mensagem desejada é promover uma dinâmica com o grupo. Assim, com as técnicas da dinâmica, os colaboradores podem interagir, participar, se desenvolver e aprender.

Palestras sobre Setembro Amarelo

As palestras com profissionais da saúde e bem-estar são outra maneira importante de aumentar a conscientização sobre o tema, levar conhecimento e permitem que os colaboradores esclareçam dúvidas.

Produzir um material educativo

Desenvolver um material educativo com mais informações sobre o Setembro Amarelo, onde e como procurar ajuda, sinais de atenção e mais, são outra forma interessante de abordar o assunto dentro das empresas.

Esse material pode ser um folheto, uma cartilha, um eBook, um e-mail ou conteúdos em Blog e matérias especificas. Vale também convidar profissionais da saúde para escrever e participar da produção.

Disponibilizar um canal de ajuda

Em algumas organizações, existem psicólogos ou profissionais da saúde disponíveis para acolher os colaboradores diante de algumas situações que possam resultar em ansiedade, estresse, tristeza, depressão ou algum outro sofrimento.

No entanto, não são todas as empresas que podem disponibilizar esse suporte, ainda sim, os gestores podem reforçar a importância e incentivar os colaboradores a procurarem ajuda de profissionais capacitados.

O CVV disponibiliza canais online e por telefone com voluntários disponíveis para ouvir e ajudar.

Site: https://www.cvv.org.br/quero-conversar/

Telefone: 188

Lembre-se que acesso a informação, conscientização e pequenas ações podem ser suficientes para mudar a realidade de alguém, e essa tarefa é da sociedade e das organizações. 💛

Leia também: Reclame AQUI não é só reclamação: Veja dados de pesquisa de compra

Deixe uma resposta