O e-mail marketing é uma estratégia de comunicação muito utilizada pelas empresas que precisam impactar e se relacionar com os consumidores de forma simples, rápida, com baixo custo e personalizada.

Mas como qualquer tipo de comunicação, essa ferramenta requer cuidados, pois, existe o famoso spam que pode atrapalhar muito a estratégia e objetivo central das ações feitas pela marca.

Como faço para meus e-mails não irem para o spam?

Estruture um maliling de contatos

Ter uma lista com contatos cadastrados em sua empresa, possíveis clientes e interessados é a melhor forma de iniciar a estrutura do seu e-mail.

Dessa forma, utilizando listas seguras e devidamente cadastradas, o risco do spam acontecer diminui bastante.

Não utilize lista de contatos comprada, pois além de ser uma prática ilegal, a qualidade de envio é menor e a absorção do conteúdo feito para o público-alvo não será completa e estratégica.

Utilize ferramentas de envio

Para a marca não cansar suas bases, uma boa ferramenta de envio pode ser a melhor solução, evitando muitos envios para as mesmas bases, otimizando o tempo da equipe e segmentando da melhor forma as bases cadastradas.

Evite alguns termos e palavras 

Utilizar termos  e palavras como “Compre já”, “promoção”, “aproveite”, “venha”, “grátis”, “desconto”, entre outras nesse tom de linguagem apelativa,  no assunto e no corpo do e-mail aumenta as chances do e-mail ser direcionado ao spam.

Aproveite para gerar conteúdos atrativos e educativos nesse tipo de contato, utilizando a estratégia de falar de forma clara e objetiva com os clientes.

Use estruturas específicas

Os formatos de envio são importantes, o HTML é indispensável no momento de criar um e-mail marketing, para o envio ser por código fonte, diminuindo as chances do público não receber.

Além das dicas acima, é de extrema importância que a empresa use a criatividade e sempre revise os conteúdos antes de qualquer envio.

Veja também: Como utilizo o e-mail marketing da melhor forma na minha empresa?

Deixe uma resposta