Blog Reclame AQUI

blog reclame aqui
Marketing

Como o Inbound Commerce pode potencializar o sucesso do seu e-commerce?

Conteúdo sobre técnicas de inbound commerce para potencializar o sucesso do seu e-commerce e aumentar suas vendas.

O inbound marketing é baseado na produção e compartilhamento de conteúdos relevantes para o público-alvo conforme a etapa da jornada de compra que ele se encontra. O objetivo é atrair, converter e fidelizar consumidores. A mesma metodologia aplicada às lojas virtuais é chamada inbound commerce.

Usar a estratégia é interessante porque atrai um tráfego bem mais qualificado, sabe? Dessa forma, é possível aumentar a taxa de conversão. Além do mais, a tática serve para criar autoridade para a marca, manter um relacionamento mais próximo com os clientes, encurtar o ciclo de vendas e até economizar com mídia paga.

Gostou da ideia e quer saber como usar a metodologia no seu e-commerce? Então, continue a leitura porque preparamos dicas bem legais para aumentar as vendas do seu comércio eletrônico com inbound commerce. Veja!

O que é inbound commerce?

Inbound commerce é uma estratégia de marketing que visa atrair, converter e se relacionar com clientes em potencial por meio da produção e compartilhamento de conteúdos relevantes.

Nesse sentido, é possível atrair um tráfego mais qualificado, uma vez que o início do relacionamento parte de uma iniciativa do consumidor, sabe?

E olha que dado interessante: de acordo com um levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 97% dos consumidores fazem pesquisas na internet antes de fazer uma compra.

Se durante essas pesquisas o consumidor encontrar informações relevantes na sua página, seu e-commerce pode virar referência. Daí, na hora de tomar uma decisão de compra, o cliente lembrará de você. Nada mau, não é mesmo?

Como funciona o funil de vendas no e-commerce?

A metodologia inbound é bem conhecida pelas estratégias para impactar a pessoa certa e com conteúdos adequados à etapa na jornada de compra.

O funil de vendas entra nesse contexto para nortear as ações com o objetivo de auxiliar o consumidor a caminhar em direção à compra. Tudo com base nos desejos e necessidades do cliente. No inbound e commerce, esse funil é dividido em etapas. Veja quais são elas:

  • atração: o consumidor no topo do funil está ainda em fase de aprendizado, descoberta e reconhecimento. Sendo assim, nesse momento é necessário chamar a atenção com conteúdos mais abrangentes para atrair tráfego orgânico;
  • conversão: a conversão no e-commerce é a venda em si. No entanto, antes de fechar negócios com a sua empresa, o consumidor costuma investigar a reputação da marca, além de ler reviews e depoimentos de clientes satisfeitos e insatisfeitos;
  • fidelização: depois da venda concretizada, é necessário manter o contato próximo para continuar o relacionamento e conquistar promotores da marca.

Como aumentar as vendas com inbound commerce?

A primeira dica é: estude bastante o comportamento do seu cliente. Afinal de contas, para conseguir impactar o consumidor no momento certo e com a abordagem certa, é necessário entender os gostos e desejos dele, concorda?

No inbound commerce o ideal é criar uma buyer persona — representação semifictícia do seu consumidor ideal. Com isso, é possível ter uma melhor orientação para o assunto dos conteúdos, o tom de voz, o mix de produtos, entre outros aspectos.

E não é só isso. A seguir, vamos dar mais algumas dicas para aumentar as vendas com a metodologia inbound commerce. Confira!

Tenha reviews no e-commerce

Os Reviews e avaliações são fundamentais para as conversões porque oferecem informações úteis aos consumidores nas fases de consideração e decisão. Aliás, é nesse momento que o consumidor pesquisa sobre a reputação da marca e lê avaliações de outras pessoas para ter certeza de que aquela solução é ideal.

Mais: o conteúdo gerado pelo usuário é valorizado pelo Google e pode render melhores posições ao e-commerce nos resultados de busca orgânica.

Crie um blog

E-commerces de diversos nichos do mercado podem faturar muito ao criar blogs para publicar conteúdos autorais e relevantes. Imagine, por exemplo, uma loja de roupas. Para atrair clientes, é possível escrever sobre os diferentes tipos de tecidos, modelagem, coloração pessoal e por aí vai. Que tal?

Invista em landing pages

Landing pages são páginas para captura de dados. Funciona mais ou menos assim: você oferece matérias riscos e gratuitos no seu blog — como e-book, infográfico, whitepaper e resultados de pesquisas — e o consumidor preenche um formulário básico para ter acesso ao material. Usar o recurso é interessante para ter informações sobre o cliente e criar um canal de comunicação direta com ele, entende?

Faça campanhas de e-mail marketing

Com as landing pages, você pode ter acesso ao e-mail do cliente mesmo sem ele ter feito um cadastro no e-commerce. Bem como, é legal aproveitar a abertura dada pelo consumidor para continuar a comunicação.

Uma boa dica é criar newsletters para envio periódico com os assuntos em alta no blog. Nesse sentido, é possível nutrir o lead e ajudá-lo a caminhar pelo funil de vendas.

E para incentivar as compras, aposte em promoções, e-mail para recuperação de carrinho, cupons de desconto para a primeira compra, frete grátis, entre outros. E olha: não se esqueça do CTA, combinado?

Aposte nas redes sociais para gerar engajamento

Os conteúdos evergreens são atemporais e fazem sentido em qualquer época do ano. Por outro lado, eles não costumam causar muito buzz.

A esse respeito, é interessante apostar em artigos com assuntos mais quentes para gerar engajamento. Essa é uma boa estratégia para aumentar o número de inscritos, fãs e seguidores e gerar ainda mais autoridade para a sua marca.

Lembre-se das ações de fidelização

A etapa de fidelização faz parte do funil de vendas do e-commerce. As estratégias para reter consumidores são importantes para garantir compras recorrentes, previsibilidade de receita e até indicações espontâneas. Logo, pense em algumas ações para conquistar a lealdade do cliente como:

  • programas de fidelidade;
  • programas de indicação;
  • vantagens para as próximas compras;
  • customer success;
  • pesquisas de satisfação;
  • recuperação de clientes inativos.

Defina metas e analise os resultados

Uma das maiores vantagens do marketing digital é a facilidade para mensuração de resultados. Em contrapartida, quando você faz um anúncio em um outdoor, por exemplo, é possível ter uma estimativa de alcance, mas nunca o número exato.

No ambiente digital é diferente: dá para saber a quantidade exata de consumidores que clicaram no link, preencheram o cadastro, compraram alguma coisa e por aí vai.

A esse respeito, use os dados ao seu favor e estabeleça metas para cada etapa do funil. Ainda mais, no estágio de atração, por exemplo, você pode indicar o tráfego almejado. O mesmo vale para as conversões e fidelização.

Lembre-se ainda de acompanhar os resultados e, se for necessário, fazer ajustes nas estratégias para garantir o alcance das metas.

Concluindo, o inbound commerce é uma estratégia de marketing para atrair, converter e fidelizar consumidores de e-commerces. O legal é que a tática conquista um tráfego mais qualificado, de modo a aumentar as chances de vendas. Definitivamente, os reviews merecem atenção especial pois ajudam os consumidores no seu processo de decisão.

Deixe uma resposta