Blog Reclame AQUI

blog reclame aqui
Marketing

Marketing no TikTok? Entenda o sucesso da rede social do momento

Videos curtos, uma das principais tendenciais que vieram para ficar! Veja no artigo a seguir como fazer marketing no tiktok e muito mais.

Antes de mais nada, você sabia que o marketing no TikTok é uma das principais tendências para vender mais? Pois, acredite se quiser: o app ganhou o coração dos consumidores — em especial o público mais jovem. Sendo assim, investir em estratégias na rede social é uma oportunidade para alavancar o seu negócio.

Nesse contexto, entram várias ações. Por exemplo: parcerias com influenciadores digitais, anúncios, compartilhamento de conteúdos gerados pelos usuários e até a divulgação do perfil na marca. Aliás, incluir o link da rede social na página da empresa no Reclame AQUI é uma estratégia interessante.

E aí, quer saber mais sobre o assunto? Então, você chegou ao lugar certo. Afinal de contas, neste artigo, vamos explicar tudo sobre marketing no TikTok. Vamos lá?

O que é o TikTok?

Antes de falarmos sobre estratégias, precisamos explicar melhor sobre o aplicativo. Primeiramente, o TikTok é uma rede social que nasceu em 2014, na China, mas com um nome diferente: Musical.ly. Naquela época, o aplicativo era usado para postagem de vídeos com pessoas dublando músicas.

Em 2017, outra empresa comprou o app e lançou a marca que conhecemos hoje: o TikTok. Não demorou muito para a rede social virar febre e reunir usuários no mundo inteiro. 

Hoje, ele não serve apenas para dublagem. Na verdade, a rede social é usada para criação, publicação e visualização de conteúdos em vídeo de até 10 minutos, com músicas filtros e efeitos especiais.

No entanto, nem sempre foi assim. O TikTok ficou conhecido como rede social de vídeos curtos porque, no início, o tempo máximo permitido para a mídia era de 15 segundos. Depois, o app liberou arquivos de 60 segundos. Um pouco depois atualizou o tempo máximo para 3 minutos. Agora são 10 minutos de pura informação e entretenimento. 

De toda forma, vale ressaltar que o TikTok tem uma grande aceitação, em especial do público jovem. Vamos falar mais sobre isso daqui a pouco, combinado?

Como o algoritmo da rede social funciona?

Em primeiro lugar, os algoritmos das redes sociais são um conjunto de regras para determinar quais conteúdos e a ordem que eles aparecerão na timeline de cada usuário. Mas olha: cada rede social tem o seu próprio algoritmo para fazer a classificação, viu? 

Mesmo assim, de modo geral, o que prevalece são as preferências da pessoa. Ou seja, a rede social entende os gostos a partir das interações, configurações de conta e dispositivos conectados para mostrar conteúdos mais alinhados aos interesses do usuário.

Por exemplo: se você segue determinado influenciador e adiciona alguns conteúdos dele nos favoritos, os vídeos produzidos por ele aparecerão com maior frequência na sua tela. 

Além do mais, mídias com temáticas semelhantes também serão priorizadas porque a rede social entende que você gosta desse tipo de conteúdo.

Bem como, taxa de conclusão do vídeo, marcações de “não tenho interesse”, comentários e os conteúdos postados no seu perfil também são considerados pelo algoritmo. 

Outro ponto importante é a configuração da conta. Ou seja, o usuário seleciona alguns interesses na hora de fazer o cadastro, e isso determina as primeiras recomendações. 

E olha: se você permitir, as configurações do dispositivo também podem entrar aí. Informações de país, idioma e tipo de dispositivo, por exemplo, são usadas para entender melhor o comportamento e gostos dos usuários.

Vale a leitura: Conheça a nova atualização do Google e como pode impactar o seu e-commerce.

Imagens ilustrativa: Algoritmo tiktok
Imagens ilustrativa: Algoritmo tiktok

Qual é a importância do TikTok para o marketing?

Se o seu consumidor está no TikTok, a sua marca também precisa marcar presença por lá. Simples assim! Devido à alta popularidade do app, as estratégias na rede social estão entrando cada vez mais no cronograma de ações de marketing digital das empresas.

No entanto, é bom que você saiba que a maioria dos usuários são jovens, viu? De acordo com a própria plataforma, cerca de 66% dos inscritos no TikTok têm menos de 30 anos. 

Mesmo assim, é muita gente. Para você ter uma ideia, apenas no Brasil, o TikTok reúne cerca de 74,07 milhões de usuários. Além disso, ele é o quarto app mais queridinho, perdendo apenas para o WhatsApp, Facebook e Instagram. Os dados são da pesquisa Digital 2022, elaborada pela Hootsuite em parceria com a We Are Social.

Ainda conforme dados do levantamento, o brasileiro passa cerca de 20 horas por mês na rede social — um crescimento de 44% em relação ao ano anterior. O tempo é superior ao gasto no Facebook (13,5 horas com tendência de queda) e no Instagram (15,6 horas).

Quer uma prova ainda maior do sucesso do app? Pois bem, o YouTube lançou a função “Shorts” justamente para acompanhar a tendência de vídeos curtos. O Instagram também fez algo parecido com o “Reels”.

Caso de sucesso: Anitta no Top10 do TikTok

A cantora de funk já é bem conhecida por suas jogadas de marketing para manter o seu nome na boca do povo, não é mesmo?

Pois bem, a cantora também protagonizou um dos maiores cases de sucesso do TikTok com o lançamento da música “Envolver”, no final de 2021.

E olha: deu tão certo que o hit parou no Top10 de músicas do TikTok nos Estados Unidos. O single ainda alcançou o primeiro lugar global no Spotify.

Mas a pergunta que não quer calar é: como a cantora conseguiu isso? Veja bem: o primeiro passo foi a definição de uma coreografia que chamasse a atenção do público. Dessa forma, as pessoas ficariam instigadas a fazer a dancinha no TikTok, sabe?

Aliás, a empresária também fez parcerias com influenciadores famosos — nacionais e internacionais — para viralizar. E não deu outra: após o lançamento do clipe, gente do mundo inteiro passou a fazer as coreografias.

Com isso, o buzz cresceu e diversos artistas entraram na onda de forma orgânica. Até a Ana Maria Braga rebolou ao som do hit ao vivo, em seu programa matinal. Miley Cyrus e Neymar foram outros artistas que aceitaram o desafio, aumentando a popularidade da música.

Aliás, veja esse artigo que tem tudo a ver com o assunto: O que é e como funciona o marketing de influência.

Afinal, como fazer marketing no TikTok?

A primeira coisa que você precisa saber é: assim como todas as outras redes sociais, o TikTok não é para todo mundo.

Como mencionamos lá atrás, a ferramenta é muito usada por jovens. No entanto, isso não significa que empresas com um público mais maduro não possam marcar presença por lá.

Na verdade, o ideal é fazer uma pesquisa para entender o comportamento do consumidor e determinar se vale a pena investir em marketing no TikTok. Dessa forma, você garante ações com maior potencial de retorno, sabe?

Dito isto, a seguir, vamos mostrar algumas estratégias interessantes para fazer a sua marca bombar no TikTok. Olha só!

Imagens ilustrativa: Marketing no tiktok
Imagens ilustrativa: Marketing no tiktok

Crie conteúdos criativos

É fato que o TikTok é uma rede social mais voltada para o entretenimento. Mesmo assim, nada impede que negócios de natureza mais formal também criem conteúdos por lá. 

O importante é usar a criatividade para tratar de assuntos sérios — e outros nem tanto — de forma divertida. Tem até profissionais de saúde na rede para informar por meio de entretenimento.

A mesma lógica vale para e-commerces de diversos nichos. Quem vende acessórios, por exemplo, pode fazer vídeos de bastidores, ensinar a organizar as peças no porta-joias, dar dicas de combinações e por aí vai.

Faça parcerias com influenciadores

Existem diversos criadores de conteúdo no TikTok que contam com um público bem engajado. O fenômeno que explica isso é o gatilho mental de prova social.

Sempre que um influenciador mostra o seu dia a dia nas redes sociais, os consumidores ficam instigados a viver as mesmas experiências. Em razão disso, as vendas dos produtos e serviços relacionados aumentam.

Logo, fazer parcerias com esses influenciadores é uma boa estratégia de marketing para o TikTok para gerar receita para sua empresa. Aliás, a própria plataforma tem um recurso para conectar criadores de conteúdos com marcas: o Creator Marketplace.

No entanto, nada de focar na quantidade de seguidores do influenciador na hora de fazer a parceria, viu? Na verdade, esse não é um dos fatores que o algoritmo da rede social considera na hora de entregar os conteúdos.

Acima de tudo, o legal é trabalhar com pessoas que fazem mais sentido para o seu nicho. Para campanhas de cosméticos, por exemplo, vale fazer contato com influenciadores de beleza. Por outro lado, para empresas que trabalham com viagens, faz mais sentido se conectar com personalidades que falam mais sobre o tema, entende?

Saiba mais sobre o marketing de influência com o “Case Boca Rosa: estratégias de marketing que funcionam”.

Valorize os conteúdos orgânicos gerados pelos usuários

Não podemos negar que os conteúdos criados por influenciadores têm um alto poder de engajamento. Apesar disso, as postagens orgânicas feitas por usuários comuns também têm o seu valor. Sobretudo porque os consumidores tendem a confiar mais em opiniões de clientes reais.

Sendo assim, valorize o conteúdo gerado pelo usuário — ou User Generated Content (UGC). Nesse contexto, vale acompanhar as menções à marca na rede social, interagir com os usuários, curtir postagens e até compartilhar no perfil da empresa.

Além de contribuir para o marketing da marca, essa é uma forma de nutrir o relacionamento com o cliente e até fidelizar.

Saiba mais: Tudo sobre a arte de fidelização de clientes.

Invista em anúncios

O TikTok for Business é uma ferramenta voltada para empresas e agências produzirem e gerenciarem anúncios na rede social. E o melhor: é possível integrar com plataformas de e-commerce e com o WhatsApp Business.

Na prática, TikTok Ads Manager ficou mais robusto para campanhas de reconhecimento de marca, aumento de tráfego, geração de leads, download de apps e vendas.

Apesar de a plataforma ser bastante intuitiva, é legal agir de forma estratégica para atingir o seu objetivo. Afinal de contas, são vários os formatos de campanhas como:

  • In-Feed Vídeos: vídeos curtos que se misturam entre os conteúdos consumidores organicamente. Esse formato é um dos mais acessíveis;
  • Top View: anúncio maior destaque, pois aparece para o usuário assim que o app é aberto;
  • Hashtag Challenges: desafios criados pela marca para incentivar o engajamento utilizando a hashtag da campanha;
  • Branded Effects: filtros, adesivos personalizados e efeitos exclusivos desenvolvidos por empresas para uso no app;
  • Blank Takeovers: vídeos de 3 a 5 segundos exibidos em tela cheia ou no feed dos usuários enquanto usam a ferramenta.

Use a RA Brand Page para divulgar o TikTok da marca

Em primeiro lugar, o Reclame AQUI já virou parada obrigatória antes de tomar qualquer decisão de compra. Tudo para investigar se a marca é de confiança. A finalização do processo de checkout vai depender do que ele ver por lá.

Em razão disso, é fundamental ter uma página no Reclame AQUI e interagir com os consumidores por lá. Além de fazer a gestão de reputação da empresa, essa é uma oportunidade para estreitar relacionamentos e até transformar um cliente insatisfeito em um promotor da marca.

E para ganhar mais destaque no Reclame AQUI, vale personalizar a página do negócio com a RA Brand Page. Dessa forma, é possível incluir imagem de capa, logo, vitrine de produtos, vídeo, FAQ e CTA. Dá até para colocar o link das redes sociais da empresa como Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube e, claro, TikTok.

Ou seja, a RA Brand Page contribui para a divulgação do perfil da sua marca na plataforma, gerando mais oportunidades de ganhar mais seguidores e engajá-los. Afinal de contas, o Reclame AQUI recebe cerca de 30 milhões de acessos por mês. Você pode aproveitar esse tráfego para vender mais.

Em resumo, o marketing no TikTok é uma excelente estratégia para aumentar o reconhecimento de marca, gerar aproximação com o público e, claro, converter vendas. No entanto, lembre-se de estudar o comportamento do seu consumidor para produzir conteúdos alinhados aos seus interesses, combinado? Mais: inclua o link da rede social na RA Brand Page da marca para conquistar mais seguidores.

Gostou da ideia e quer entender melhor como funciona a ferramenta do Reclame AQUI? Então, conheça agora mesmo a RA Brand Page e saiba como impactar positivamente os consumidores.

Deixe uma resposta