Muitas empresas já começaram a Black Friday 2019, mas o grande evento será nessa sexta-feira, dia 29/11. Todos os anos o Reclame AQUI “bomba” de acessos de pessoas que estão pesquisando sobre uma empresa para saber se pode ou não confiar naquela marca ou para reclamar.

black-friday-reclame-aqui
Black Friday: home Reclame AQUI

Aconteceu na BF: Instabilidade de sistemas é o que mais preocupa as empresas na Black Friday 2019

Pensando nisso, esse ano, o Reclame AQUI terá a home do site toda alterada às vésperas da Black Friday com informações atualizadas de hora em hora. Confira os principais dados que serão apresentados na página principal:

  • Rankings das empresas mais reclamadas
  • Empresas mais buscadas no Reclame AQUI
  • Trends: empresas que tiveram buscas ou reclamações fora do comportamento médio no site
  • Ranking dos principais problemas
  • Ranking dos produtos mais citados nas reclamações
  • Mapa de calor com os Estados brasileiros que mais reclamaram na Black Friday

Relembre: Black Friday: conheça as principais reclamações no RA desde 2013

O que esperar da Black Friday 2019

O que percebemos em 2019 é que cada vez mais os consumidores têm confiado na promoção. E não apenas porque as empresas melhoraram, mas porque o brasileiro moldou o evento do jeito que é possível no Brasil.

Uma pesquisa feita pelo Reclame AQUI com 3,5 mil consumidores apresentou muitas informações que mostram o comportamento do consumidor mudou em relação as compras feitas nesse período.

Antes a expectativa era que as compras de BF fossem aproveitadas para o Natal, entretanto, esse cenário mudou. O consumidor aproveita as promoções, porém, ficam mais receosos quanto a data de entrega e possíveis atrasos.

Horário de compra mudou. Hoje, o horário preferido para compras na sexta é após as 18h, isto é, depois do expediente. Mas essa faixa horária tem caído na preferência ano a ano.

Isso acontece por causa do “fim de feira”. Isto é, depois de horas de promoções, o brasileiro não encontra mais as melhores ofertas e produtos que deseja. As empresas precisam se preparar para isso.

Inversamente proporcional, o horário entre 6h e 14h vem aumentando. O brasileiro está comprando na hora do seu expediente.

Confira a pesquisa de empresas e consumidores AQUI.

Consumidores já começaram a reclamar

Ao que parece, a Black Friday 2019 deve superar as reclamações da edição anterior. O Reclame AQUI já registrou 1.960 reclamações, considerando monitoramento das 11h desta quarta, 27, até as 12h de quinta-feira, 28.

Esse volume de reclamações já representa um aumento de 68% com relação ao mesmo período de 2018, quando foram registradas 1.164 .

O principal motivo das queixas é, como todos os anos, a propaganda enganosa. Logo depois, aparecem os problemas na finalização da compra e divergência de valores.

Entre os produtos que mais geraram reclamação estão celulares, perfumes, planos pós-pago, redes online (games) e serviços de entrega. Outro produto que tem causado muita reclamação nesta pré-Black Friday são os pets, sobretudo coleiras e focinheiras.

Deixe uma resposta