Na hora de planejar a Black Friday, definir ações, promoções, preparar o estoque e deixar tudo alinhado para o dia mais importante do ano para o varejo, alguns erros podem passar despercebidos.

No entanto, com um bom planejamento e análise dos principais contratempos do passado, fica mais fácil identificar o que é prioridade e o como evitar erros comuns para a data, pois se te alguém que não deixa passar nada, esse alguém é o consumidor.

Reprodução internet.

Saiba tudo sobre a Black Friday: Black Friday: veja 4 pontos para não deixar de fora do seu planejamento

No Reclame AQUI mesmo, as marcas têm a oportunidade de usar as reclamações como um termômetro do que está acontecendo. Isso porque, quando um consumidor se manifesta e informa algo que não saiu como esperado, a empresa pode (e deve) fazer uma auto avaliação e entender se não é momento de evoluir processos.

Dito isso, vamos ver quais erros comuns sua marca não pode cometer para ter uma Black Friday de sucesso, e não virar “meme” nas redes. Acompanhe:

1- Falsas promoções

Seu consumidor está pesquisando tudo sobre você antes de fechar negócio, e na Black Friday essa pesquisa pode se intensificar. Isso porque, muitos consumidores aguardam o ano todo para garantir um desconto naquele item, então ele não vai dar mole não!

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Reclame AQUI no começo de Novembro de 2020 com 2,5 mil consumidores, 62,66% responderam que estavam pesquisando sobre as marcas há pelo menos 1 mês antes de comprar.

Por isso, não faz sentido maquiar preços e não realizar promoções reais.

2- Frete abusivo

Não adianta dar um bom desconto no produto e “compensar” no valor do frete, não é mesmo?

Nas últimas edições da Black Friday no Brasil, a expressão “Black Fraude” ganhou fama e, em muitos momentos, foi usada para representar a data no país. Isso acontece pela sensação de enganação que o consumidor tem ao se deparar com as condições das promoções.

Por isso, é preciso alinhar bem os valores de frete antes mesmo da data. Deixar claro em quais regiões ou condições cabe determinado valor, se é grátis, se é calculado por peso e mais.

A comunicação com o consumidor é a peca chave para que ele não se sinta enganado e aproveite melhor as promoções da sua marca.

Reclame AQUI: melhore seu Voltaria a Fazer Negócio na Pós Black Friday

3- Não ouvir seu consumidor

Em uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Reclame AQUI com 710 empresas, 32,11% informou que não realiza pesquisas com o consumidor e nem faz analises de reviews na hora do planejamento para a Black Friday.

Por outro lado, nos últimos 5 anos o motivo “propaganda enganosa” ficou em primeiro lugar nas reclamações recebidas pelo Reclame AQUI durante a Black Friday.

Ou seja, as marcas ainda tem dificuldade de se comunicar e alinhar suas promoções com o consumidor, por isso é tão importante realizar pesquisas, analisar comentários, reclamações e reviews. Dessa maneira, é possível entender a dor desse consumidor e agir diretamente nela.

Esse processo também ajuda as marcas a definirem quais produtos e serviços entrarão na promoção, quais setores precisam de maior investimento e como se preparar para o pós.

4- Não alinhar os times de atendimento, logística e tecnologia

Sem dúvidas, pode ocorrer um aumento significativo de pedidos de ajuda durante a Black Friday e, por isso, as marcas podem ter problemas para auxiliar todo esse volume.

No entanto, um dos fatores decisivos para o sucesso na Black Friday é a sinergia entre as áreas, então essa é a hora de alinhar os times, deixar todos colaboradores na mesma página e preparados para o evento.

Lembre-se que falhas na comunicação entre os setores pode trazer problemas para o consumidor, como comprar algo que está indisponível, ou simplesmente não conseguir realizar uma compra e ter a confiança quebrada.

Não deixe nada passar na hora de se planejar para a Black Friday! Baixe e-Book gratuito e veja tudo que sua marca precisa saber sobre a BF 2021 com o Reclame AQUI. 👇

e-book Black Friday no Reclame AQUI

5- Não divulgar sua campanha no Reclame AQUI

Que o site do Reclame AQUI recebe milhares de visitas todos os dias de consumidores pesquisando sobre a reputação das marcas já sabemos, agora o que fazer com o aumento de visitas dessa época do ano é o que vamos entender.

Para começar, é preciso compreender que todo ponto de contato entre empresa e consumidor é importante e merece atenção.

Sabendo disso, o Reclame AQUI desenvolveu uma solução que permite que as empresas melhorem o relacionamento com os consumidores e, nos dias de hoje, grandes marcas já utilizam.

É a RA Brand Page, uma solução que permite que as páginas das empresas sejam personalizadas dentro da plataforma.

Exemplo de página da empresa personalizada no Reclame AQUI.

Com ela é possível educar os clientes através de FAQ, Avisos e Conteúdos personalizados desenvolvidos pelas marcas, que podem ser disponibilizados em pontos estratégicos da página.

Dessa maneira, a página vira um importante touch point para o consumidor que busca informações e motivos para confiar na marca e fechar um negócio.

Também é uma forma de se destacar dos concorrentes e criar identificação com o público, incluindo logo, capa, vídeo e, cta, redes sociais e dados da empresa.

Saiba mais sobre a Brand Page do Reclame AQUI, destaque sua marca e aproveite condições especiais.

Fique por dentro: B2B tem espaço para vender na Black Friday?

Deixe uma resposta